Tropas do Iraque mataram cinco pessoas nesta sexta-feira ao abrirem fogo contra manifestantes furiosos com os soldados que os impediam de assistir um comício antigoverno no oeste de Bagdá, disseram autoridades.

Funcionários da polícia afirmaram que os soldados começaram a atirar após um grupo de manifestantes, que estava se dirigindo para um comício sunita em Fallujah, começar a atirar pedras em um posto de checagem do Exército na entrada da cidade. Vinte e três manifestantes também foram feridos no tiroteio, segundo as fontes.

O comício em Fallujah, localizada a 65 quilômetros a oeste de Bagdá, é parte de protestos semanais nesta sexta-feira que emergiram no mês passado após a prisão de seguranças designados para o ministro das Finanças sunita Rafia al-Issawi. Os manifestantes, da minoria sunita do Iraque, têm protestado contra o que classificam de tratamento injusto por parte do governo liderado por uma minoria xiita. As informações são da Associated Press.