O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em entrevista exclusiva transmitida hoje pela Fox News que os pagamentos feitos à atriz pornô Stephanie Clifford – cujo nome artístico é Stormy Daniels – e à ex-modelo da Playboy Karen McDougal partiram dele mesmo, e não de recursos de sua campanha eleitoral, como alega seu ex-advogado pessoal Michael Cohen.

Na terça-feira (21), Cohen se declarou culpado por violar as leis de financiamento durante a eleição presidencial americana de 2016, como parte de um acordo de delação premiada. Na ocasião, ele afirmou ter feito pagamentos ilegais à atriz e à ex-modelo para que elas não revelassem seus casos extraconjugais com Trump, que então concorria à presidência.

Na entrevista, Trump negou que os recursos para os pagamentos vieram da campanha, mas sim dele próprio, e afirmou que ele havia postado mensagens no Twitter a respeito.

Trump também disse que Cohen foi “um de muitos advogados” seus, que fazia apenas acordos pequenos e trabalhou com ele por cerca de dez anos. “No final, ele não foi um advogado muito bom, francamente”, comentou o presidente.