São Paulo, 19 – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reafirmou na manhã deste domingo que não houve qualquer conluio com o governo da Rússia na campanha presidencial de 2016. Ele acusou ainda o jornal The New York Times de escrever uma reportagem “falsa” sobre o tema.

O diário informa em sua edição de hoje que um assessor da Casa Branca, Don McGahn, concedeu longas entrevistas ao procurador especial Robert Mueller, que investiga o suposto conluio. Como já havia afirmado no sábado, Trump voltou a dizer que permitiu que McGahn falasse aos investigadores e disse não ter nada a esconder.

Trump escreveu hoje no Twitter que “muitas vidas foram arruinadas” por causa da investigação. Segundo ele, os democratas e que teriam cometido conluio e obstrução para beneficiar a rival dele nas urnas, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton.