A agência de regulação bancária da Turquia informou que um fundo estatal assumiu o controle total de um banco associado a um movimento liderado pelo clérigo muçulmano Fethullah Gulen. As autoridades acusam o religioso de tentar desestabilizar o governo turco.

A agência afirmou que na sexta-feira o Fundo de Seguro de Depósito da Poupança tomou o controle total do Bank Asya, ao citar “problemas” dentro de sua estrutura financeira. A medida visa salvaguardar a confiança e a estabilidade no sistema financeiro da Turquia, acrescentou.

Críticos dizem que a medida faz parte de uma repressão do governo sobre o movimento que ele acusa de orquestrar um escândalo de corrupção para derrubá-lo. Centenas de policiais e agentes de justiça suspeitos de laços com o movimento foram demitidos.

Em fevereiro, o Estado assumiu a gestão do Bank Asya e nomeou um novo conselho de administração. Fonte: Associated Press.