A agência estatal da Turquia disse que rebeldes curdos detonaram uma bomba em uma estrada enquanto um veículo militar passava, matando três soldados.

A agência Anadolu disse que outros seis soldados ficaram feridos no ataque, que ocorre entre as províncias de Bingol e Erzurum, no leste do país. A agência disse que a bomba foi plantada pelo Partido dos Trabalhadores do Curdistão (conhecido pela sigla PKK), que quer a independência da região.

O ataque foi o mais recente em meio a uma forte escalada da violência entre as forças de segurança da Turquia e o PKK, marcando o colapso do processo de paz com os rebeldes, que durou dois anos. Dezenas de pessoas, a maioria soldados, morreram desde julho na violência renovada.

Desde o final de julho, aviões militares turcos atingiram alvos do PKK no Iraque e no sudeste do país ao mesmo tempo que atacaram militantes do Estado Islâmico na Síria. Fonte: Associated Press.