O secretário-geral adjunto do Serviço Europeu de Ação Externa, Maciej Popowski, disse que a União Europeia irá fornecer veículos blindados e imagens de satélite para monitorar o cessar-fogo na Ucrânia, mas ainda não decidiu se vai mandar tropas para uma missão de paz proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Popowski disse nesta quinta-feira (19) que “há necessidade de mais esclarecimentos” a respeito da proposta do presidente ucraniano Petro Poroshenko antes de a UE decidir enviar ou não tropas para a Ucrânia.

As declarações foram feitas após uma reunião de ministros da Defesa do bloco, realizada em Riga, na Letônia.

Em declaração separada, o ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian, disse que a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) enviará cerca de 400 observadores para a Ucrânia. A UE e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) pediram que os separatistas pró-Rússia permitam que observadores monitorem o acordo de cessar-fogo. Fonte: Associated Press.