O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, estendeu o policiamento contra o contrabando e o narcotráfico a um terceiro estado na fronteira com a Colômbia, uma vez que as tensões entre os países não mostraram nenhum sinal de diminuição.

Na tarde de terça-feira, Maduro disse que o estado de emergência tinha sido ampliado para

abranger mais 10 municípios na fronteira ocidental da Venezuela, incluindo três no estado de Apure.

Ele disse que iria reforçar a presença militar nas cidades, mas não disse se a travessia da fronteira em Apure seria fechada, como tem ocorrido em outros dois estados que enfrentam restrições.

O governo colombiano tem protestado contra tratamento de cerca de 1.400 cidadãos que foram deportados sob a repressão. A tentativa de países vizinhos sul-americanos de mediar uma solução para a crise falhou até agora. Fonte: Associated Press.