Na Rússia, um piloto conseguiu pousar um Airbus A321 em segurança em uma lavoura de milho nesta quinta-feira (15) depois de o jato ter atingido um bando de gaivotas na decolagem e perdido energia nos dois motores. Das 226 pessoas a bordo, 23 ficaram feridas neste voo que ia do aeroporto de Zhukovsky, em Moscou, para Simferopol, na Crimeia.

+ Leia também: Cachorros de raça caríssimos são apreendidos e serão doados. Saiba como adotar um deles!

Ninguém morreu, segundo as autoridades. O avião bateu no chão, sem o trem de pouso instalado, em uma lavoura a mais de três quilômetros da pista do aeroporto, de acordo com informações da imprensa. Os passageiros conseguiram sair pelas saídas de emergência e caminhar até uma clareira.

+ Viu essa: Torcedor do Ahtletico-PR aparece no meio da torcida do rival Coritiba. Veja o que aconteceu!

“A tripulação da Ural Airlines mostrou habilidade e resistência fantásticas. O comandante da aeronave é Damir Yusupov. Ele e sua equipe salvaram 233 vidas. Heróis”, disse o governador da região de Sverdlovsk, Yevgeny Kuyvashev, conforme relatado pela Varlamov.ru. O copiloto foi identificado como Grigory Murzin.

Grande encontro de motociclistas agita Curitiba de sexta-feira a domingo