Centenas de vietnamitas realizaram um protesto contra a China hoje, pela segunda semana seguida, um dia antes de exercício naval do país e em meio a uma disputa sobre território no mar do sul da China.

Agitando bandeiras vietnamitas e cartazes onde estava escrito “Parem de Violar o Território do Vietnã”, centenas de manifestantes saíram da embaixada chinesa e tomaram as ruas da capital, seguidos por dezenas de policiais e forças de segurança. Outras centenas também protestaram na cidade de Ho Chi Minh City.

Protestos são raros no Vietnã, e em geral são rapidamente dispersados pela polícia.

Hanói respondeu com fervor após dois incidentes no último mês, pelos quais acusa barcos chineses de impedir navios contratados pelo Vietnã de realizar exploração de óleo e gás em águas de sua costa central.

O exercício militar do Vietnã deve durar nove horas na segunda-feira, e será realizado ao longo da costa central. Barcos foram alertados para ficarem fora da área durante o exercício, marcando a primeira vez que o país emite um alerta do tipo. As informações são da Associated Press.