O governo do Paraná entrega nesta terça-feira (21), Dia da Árvore, kits para instalação de viveiros em 200 municípios do Estado. O objetivo é que os municípios beneficiados produzam cerca de 25 milhões de mudas de plantas nativas por ano. Segundo o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, 308 municípios deverão produzir, até o final de 2006, 54 milhões de mudas nativas para atender o Programa de Mata Ciliar.

O Mata Ciliar é considerado pelo Ministério Público do Paraná como o maior programa mundial de recomposição da cobertura florestal em margens de rios. Com uma meta ambiciosa, o programa propõe o plantio de 90 milhões de mudas de espécies nativas em 100 bacias hidrográficas com manancial de captação superficial para abastecimento público, margens dos reservatórios de hidroelétricas, unidades de conservação e bacias dos rios que integram os corredores de biodiversidade.

Foram investidos R$ 2,5 milhões na aquisição dos viveiros, ao custo de R$ 10 mil cada unidade, provenientes do Fundo Estadual do Meio Ambiente. Os kits para instalação de viveiros são compostos por casa de vegetação de 50 metros quadrados, com sistema de irrigação, área de rustificação (incubadora de mudas) de 160 metros quadrados, tubetes para produção de 90 mil mudas anuais, sombrite (cobertura de plástico), sistema tubular de sustentação da estufa, além de sementes. As prefeituras se responsabilizarão por mão-de-obra, terreno e instalação hidráulica.