Municípios poderão receber entre R$ 56,4 mil a R$ 600 mil, de acordo com o total de habitantes, para implementar o programa de Compra Direta Local da Agricultura Familiar. O edital do projeto foi publicado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) no Diário Oficial da União.

O programa de Compra Direta da Agricultura Familiar destina-se à aquisição de produtos cultivados por agricultores familiares. Os alimentos comprados pelo município devem ser utilizados na alimentação de famílias de baixa renda atendidas em programas sociais, creches, hospitais, asilos, cozinhas comunitárias. De acordo com o projeto, o município só pode adquirir o produto de agricultores que estejam no Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf).

O prazo máximo para o envio das propostas é o dia 05 de setembro, e os municípios interessados em participar do programa deverão enviar ao MDS o formulário disponível no site www.mds.gov.br