Curitibanos e quem está de passagem pela cidade têm a oportunidade de conferir uma programação diversificada nos espaços da Secretaria de Estado da Cultura. Em sintonia com as temáticas da Conferência das Nações Unidas sobre Biodiversidade e Biossegurança – o Museu Paranaense organizou duas mostras: ?Paraná Indígena ? O Artista e o Índio? e ?A Flora Paranaense – Aquarelas de Karla Kozák?, que podem ser visitadas até o dia 30.

No Museu Alfredo Andersen, o sexo feminino é homenageado na mostra ?Universo Feminino III?, com obras de mulheres artistas que de alguma forma estão relacionadas com o Ateliê de Arte do Museu. Além disso, pinturas e desenhos da artista plástica Mirna de Oliveira, em ?Interferências?, podem ser conferidas pelos visitantes até 4 de junho. Também permanece, até o dia 9 de abril, a mostra ?Andersen, Discípulos e Amigos?. O horário de funcionamento é de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, sábado, domingo e feriado, das 10h às 16h, à Rua Mateus Leme, 336 (próximo ao Shopping Mueller).

Obras com diferentes técnicas e formas estão presentes no ?Salão Paranaense?, no Museu de Arte Contemporânea. Peças de artistas paranaenses e de todo o País ficarão à mostra até o dia 30 de março, de terça a sexta, das 10h às 19 horas, sábado e domingo, das 10h às 16 horas, à Rua Desembargador Westphalen, 16, Centro.

No Museu Paranaense, a partir do dia 22 de março, as exposições ?Poloneses no Paraná?, ?Herança Polonesa nas Artes Paranaenses?, ?Homenagem a Paulo Leminki? e ?Charme e elegância em outros tempos?, com acessórios masculinos estarão dispostos para visitação até 16 de julho. As exposições estarão abertas para visitação até o dia 30 de março, de terça a sexta-feira, das 10h às 17 horas, sábado e domingo das 11h às 15h, à Rua Kellers, 289, Alto São Francisco (em frente às ruínas do Largo da Ordem).

A partir do próximo dia 22, o Parque Histórico do Mate traz fotos e objetos de utilização indígena na mostra ?Erva Sagrada?, que permanece até 16 de julho. O horário para visitação é de terça a sexta-feira, das 9h30 às 17h30, sábado, domingo e feriado, das 11h às 15h, na Rodovia 277, Km 111 (em Rondinha a 17 quilômetros de Curitiba).

No Hall da Secretaria de Estado da Cultura, as artistas Tatiana Caliare e Lizete Zem trazem nas respectivas exposições, ?Construções Tonais? e ?Sempre?, desenhos e pinturas. As obras estarão expostas até 5 de abril, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18 horas, às Rua Ébano Pereira, 240, no Centro.

Anexa ao prédio da Secretaria de Estado da Cultura está localizada a Sala do Artista Popular, com a exposição múltipla ?Paraná ? Identidade Popular?, de pinturas e esculturas de Adailton Barbosa Galdino e Ivan Gonçalves Cordeiro, e réplicas de madeira de Valdinei Domingues de Almeida. As peças podem ser vistas até o dia 11 de junho, de segunda a sexta-feira das 10h às 18 horas, à Rua Saldanha Marinho s/n, Centro.