Recife – O último grupo de militares do Exército brasileiro que vai integrar o 5º contingente da Força de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti embarca amanhã (4), às 13h30, na Base Aérea de Recife, para o país da América Central.

Os militares serão transportados em dois aviões Hércules da Força Aérea Brasileira, após solenidade promovida pelo Comando Militar do Nordeste, com participação de 300 pessoas, entre autoridades, familiares e convidados.

Os 144 homens de várias unidades militares dos estados de Pernambuco, Alagoas, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte passaram por um treinamento rigoroso de quatro meses, que inclui simulações de confronto.

O novo contingente é formado por 850 militares, sendo 450 soldados somente de Pernambuco.

O trabalho deles no Haiti será o de dar continuidade à pacificação de conflitos e manutenção da ordem pública, uma vez que o país enfrenta dificuldades no controle da violência urbana que se instalou por causa de uma crise política iniciada no governo do ex-presidente Jean Bertrand Aristide, deposto em 2004, após revolta popular.

A ONU, responsável pela segurança do país, estima que neste ano, com a eleição do novo presidente René Préval, de 63 anos, que recebeu aprovação de mais de 60% dos eleitores, a situação no Haiti volte a se estabilizar.

O retorno dos militares brasileiros está programado para o mês de dezembro.