Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Velloso e Gilmar Mendes
assumem hoje os cargos de presidente e vice-presidente do Tribunal Superior
Eleitoral (TSE) em cerimônia marcada para as 17h30. Carlos Velloso vai tomar
posse na vaga de Sepúlveda Pertence, que concluiu seu mandato de ministro.

A sessão solene de posse será realizada no plenário do TSE e transmitida
em um telão instalado no auditório da corte. Durante a cerimônia, o ministro
Peçanha Martins discursará em nome do TSE, Claúdio Fonteles em nome da
Procuradoria-Geral Eleitoral e Roberto Rosas em nome do Conselho Federal da
Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Nascido em Entre Rios, Minas Gerais,
Carlos Velloso ocupará a presidência do TSE até janeiro de 2006, quando
completará 70 anos de idade. Velloso já presidiu o TSE no período de 1994 a 1996
e o Supremo Tribunal Federal no período de 1991 a 2001.

Natural de
Diamantino, no Mato Grosso, Gilmar Mendes é ministro do STF desde junho de 2002.
Antes, ele exerceu o cargo de advogado geral da União.

O plenário do TSE
é formado por sete ministros, sendo três do STF, dois do Superior Tribunal de
Justiça (STJ) e dois juristas nomeados pelo presidente da
República.

Entre os 230 convidados estarão os presidentes da Câmara,
Severino Cavalcanti; do Senado, Renan Calheiros; do Supremo Tribunal Federal,
Nelson Jobim; do STJ, Edson Vidigal; do Tribunal Superior do Trabalho (TST),
Vantuil Abdala; o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, José
Dirceu, e o procurador-geral da República, Cláudio Fonteles.