Todo ano vestibulandos de todos os cantos do Brasil escolhem quais provas fazer seguindo alguns critérios, como:

Que profissão eu gostaria de seguir?

Ou, qual carreira me oferece um maior status ou um salário melhor?

Mas, um fantasma que sempre aparece para assombrar o jovem na hora de fazer a inscrição e escolher o curso, é a famigerada relação candidato-vaga. Uma simples conta matemática que divide o número de candidatos inscritos pelo número de vagas oferecidas e que não deveria pesar tanto na hora de escolher o curso. No entanto, é super comum você ouvir que um candidato não vai fazer este ou aquele vestibular porque a “concorrência é grande”.

Veja qual foi a relação candidato-vaga nos cinco cursos mais procurados da Fuvest 2010/11:

 

Curso

Relação candidato-vaga

Medicina

49.25

Publicidade e Propaganda

44.44

Relações Internacionais

37.82

Ciências Médicas – Ribeirão Preto

37.35

Engenharia Civil – São Carlos

36.52

Parece muito, não é? Mas a relação candidato-vaga é um dado flutuante, um número estatístico que muda todo ano. O que aconteceria se, pela alta concorrência do curso de medicina ou publicidade, metade dos possíveis candidatos preferisse fazer o vestibular para outras universidades ou cursos? A relação candidato-vaga simplesmente cairia.

Nosso conselho é: Prepare-se. Confie em você mesmo e acredite que a vaga que você deseja é sua e de mais ninguém! Não pense em concorrentes, pense em se superar e extrair o melhor de si mesmo. Leve essa confiança e tranquilidade para as provas e conquiste o seu lugar de direito.
Bons estudos e uma ótima prova!

Sabrina Simons Ribeiro para o Aprova Concursos