A obra do esqueleto do fórum de Curitiba, no Centro Cívico, deve ser retomada em dez dias. Assim pensa o engenheiro Hélio Zavattaro Júnior, da Valor Engenharia, responsável pela retirada dos quatro últimos andares do prédio abandonado. Na última segunda-feira, Reinaldo Alves Ribeiro, 33 anos, morreu após ser atingido por uma laje que estava sendo retirada.

Conforme Zavattaro, a empresa está revisando o projeto de demolição do local, para posteriormente apresentá-lo aos fiscais da Delegacia Regional do Trabalho (DRT) do Paraná. Na terça-feira, a DRT interditou a obra. Segundo o auditor fiscal da DRT, Ênio Bezerra Soares, a empresa deve apresentar o projeto após o ferido, no próximo dia 9 de setembro (leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná).