O ex-ministro das Cidades, Olívio Dutra, é o novo presidente do PT estadual do Rio Grande do Sul. Segundo balanço final do Processo de Eleições Diretas (PED) naquele Estado, Dutra obteve 21.374 votos ou 82,99% do total e foi apoiado pela corrente Democracia Socialista, a mesma do candidato que pleiteia a presidência nacional da legenda, Raul Pont. Ao todo, foram contabilizados 26.771 votos no PED do Rio Grande do Sul. Após ser confirmado na presidência estadual de seu partido, Dutra disse que a legenda tem responsabilidade com o governo, mas também não pode deixar de ter atuação crítica nos momentos necessários. E pregou: "O presidente Lula vai para o segundo mandato com a autoridade do nosso partido, resgatada para aprofundar os seus projetos sociais." Na contabilização dos votos para a presidência nacional do PT, no Rio Grande do Sul, o candidato Raul Pont ficou na liderança com 10.730 votos ou 41,89% do total. Em seguida estão os candidatos Valter Pomar, da Articulação de Esquerda, com 5.107 votos ou 19,94%, Ricardo Berzoini, do Campo Majoritário, com 4.938 votos ou 19,28%, Maria do Rosário, da Corrente Movimento PT, com 3.981 votos ou 15,54% e Plínio de Arruda Sampaio, da Ação Popular Socialista, com 717 votos ou 2,8%