Nesta segunda-feira, dia 24, o agricultor Altair Salla, de 58 anos, viu 4,5 mil frangos de sua granja morrerem por conta da alta temperatura e uma falha na distribuição de energia, que impossibilitou a climatização do criadouro. A temperatura máxima na região da cidade de Ampere, local do ocorrido, segundo o Simepar, foi de 35,4ºC no dia, com sensação térmica de 2 a 3 graus acima dos valores de termômetro.

Segundo Altair, que trabalha no ramo há 33 anos, a energia elétrica acabou às 12h15 e voltou somente às 16 horas. “Perdemos 4,5 mil frangos. Ainda não temos ideia ainda do prejuízo, só vamos saber depois que entregarmos o lote”, conta.

Foto: Altair Salla / colaboração.

LEIA TAMBÉM:

>> Apartamentos do “Prédio que Gira” de Curitiba serão leiloados em fevereiro

>> Viatura da polícia pega fogo e interdita BR-277, em São José dos Pinhais

De acordo com a Copel, responsável pelo fornecimento de energia, um forte temporal atingiu a região na segunda-feira (24), causando grandes estragos na rede elétrica. Um deles foi um cabo rompido na chave que atende a unidade consumidora do produtor rural, interrompendo o fornecimento de energia das 12h34 às 14h03, quando as equipes da concessionária conseguiram religar a propriedade.

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix