A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), coordenada pela Secretaria da Segurança Pública, realizou uma operação nesta quarta-feira (04), no centro de Curitiba. Foram fiscalizados 11 estabelecimentos comerciais, entre bares e hotéis, que funcionam irregularmente naquela região. ?Nós estamos em cima desses estabelecimentos, pois há denúncias de que são locais que favorecem a prostituição e o tráfico de drogas?, explicou Benedito Facini, coordenador da Aifu.

Cinqüenta pessoas entre policiais civis, militares, guardas municipais, bombeiros e representantes de secretarias municipais acompanharam a fiscalização, que começou à tarde e terminou no final da noite. Dos 11 estabelecimentos fiscalizados, cinco hotéis foram notificados por não apresentar alvará para funcionar como motel, atividade que desempenhavam de acordo com a fiscalização.

No Hotel Fox, na Rua Ermelino de Leão, a equipe da Aifu encontrou 25 latas de refrigerantes transformadas em cachimbos com resíduos de crack. O responsável pelo o estabelecimento foi detido e levado ao 1.º Distrito Policial para prestar esclarecimentos. A Secretaria Municipal de Urbanismo multou o estabelecimento em R$ 3.600,00 pelo não cumprimento de auto de embargo. Na operação da Aifu, em 7 de outubro, o hotel foi proibido de manter sua atividade por falta de alvará.

No Hotel La Rocha, na Rua João Negrão, foram apreendidos dois cachimbos para o uso do crack. O hotel também apresentava desvirtuamento de função, funcionando como motel. Os locais notificados têm 30 dias para regularizar seus documentos junto aos órgãos da prefeitura.