O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse há pouco, em Brasília, em entrevista a emissoras de rádio do Rio e São Paulo, que o otimismo com o crescimento das exportações brasileiras é "extraordinário". Segundo ele, a análise positiva se justifica porque o Brasil estaria deixando de ser um "mero exportador de matérias-primas" para ser um exportador de produtos manufaturados com grande valor agregado. "Estamos chegando a US$ 117 bilhões (em exportações) e felizes porque isso gera empregos", comentou.

Indagado se agradece a Deus todos os dias por alguma coisa, Lula afirmou que foi contemplado com muita generosidade, pois saiu da pobreza no interior de Pernambuco e chegou à Presidência da República. "Deus foi muito generoso comigo", comentou.