A Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral vai acompanhar as investigações da morte de Felipe Osvaldo da Guarda dos Santos, 19 anos, ocorrida em 24 de fevereiro, no bairro Umbará, em Curitiba. Por determinação do secretário Luiz Carlos Delazari, o assessor especial José Francisco de Castilho Neto fará o acompanhamento.

A decisão foi tomada para garantir a transparência na investigação. ?O acompanhamento será uma colaboração da Ouvidoria para a apuração dos fatos em busca da verdade?, explica Delazari. A Polícia Militar do Paraná abriu inquérito interno (IPM) no fim de fevereiro para averiguar as circunstâncias em que Felipe foi morto. O rapaz foi baleado em confronto com policiais militares.