Brasília – O ministro da Fazenda, Antonio Palocci foi aplaudido há pouco, em cerimônia no Palácio do Planalto, ao anunciar a redução das alíquotas do IPI para os principais materiais utilizados na produção da habitação popular. Produtos com alíquotas de 5% terão redução para zero e aqueles com alíquotas superiores a 5% terão redução para 5%. Palocci disse que tem certeza que a indústria da construção civil passará para os preços a redução tributária.

Ele informou que ainda hoje o Ministério vai disponibilizar a lista dos 28 produtos que serão beneficiados com a mudança tributária, mas antecipou alguns: esquadrias metálicas e de madeira, azulejos e cerâmicas esmaltadas, louças sanitárias, torneiras e registros, caixas dágua, tintas, vidros, fios e cabos, aço (vergalhões), tubos e conexões de PVC e argamassa.