O papel das mulheres é fundamental para concretizar o programa Bolsa Família, opinou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante entrevista coletiva hoje (24) concedida a emissoras de rádio. "A mulher pobre que recebe o Bolsa Família está condicionada a colocar seus filhos com menos de 14 anos na escola, está obrigada a levar as crianças para tomar vacina e, se está grávida, é obrigada a fazer todos os exames que as mulheres devem fazer. Essa é uma coisa extraordinária".

Segundo Lula, o cartão do Bolsa Família é entregue preferencialmente às mulheres. O motivo, segundo ele, é que ela prioriza os filhos: "Ela vai comprar comida para seu filho, vai comprar o leite para seu filho".

O presidente afirmou que as mulheres também têm participação importante também em outros programas do governo. "Na agricultura familiar, criamos um programa estendendo para a mulher também fazer seu financiamento porque só o homem fazia".

A meta do Bolsa Família é chegar até o final de 2005 com 8,7 milhões de famílias atendidas.