O senador Cristovam Buarque (PT-DF), ex-ministro da Educação do governo Lula, disse que o discurso do presidente na reunião ministerial da Granja do Torto "foi frustrante".

"O discurso não salva, não", acrescentou Cristovam. "Ele não olhou nos olhos e não disse o que fazer. Ele tinha que falar para o povo, e não para os ministros. Não tinha que começar com resumo de obras, e sim com um apanhado da crise. Em vez de dizer que estava indignado, deveria dizer o que fará diante da crise".