O presidente do Conselho Superior de Economia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), deputado federal Antonio Delfim Neto (PMDB-SP), reiterou, nesta segunda-feira, que a única forma de reduzir o juro real no Brasil de forma significativa e "construir uma curva da taxa que não seja teratológica" é atingir um equilíbrio fiscal duradouro e seguro.

Para o deputado, a única saída para obter esse equilíbrio fiscal é o déficit nominal zero. Delfim é o autor de proposta apresentada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu ministério sobre os benefícios do déficit nominal zero. A questão fiscal foi o tema da reunião mensal do Conselho de Economia da Fiesp, que aconteceu nesta segunda, na sede da entidade.

Na avaliação de Delfim, enquanto o presidente Lula continuar a apoiar a política monetária, a economia está blindada contra a crise política. O deputado não quis falar sobre política partidária em sua conversa com jornalistas após a reunião.