O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acredita que a canonização de Frei Galvão, primeiro santo brasileiro, renovará a fé da população. A canonização será anunciada pelo papa Bento XVI durante visita ao Brasil, a partir da próxima quarta-feira (9).

?O povo brasileiro é um povo de muita fé, um povo que tem uma participação muito forte na religião. Eu penso que o fato de termos o primeiro santo brasileiro eu acho que renova essa fé, renova a força do povo católico brasileiro?, disse.

Pesquisa realizada pelas universidades federais de São Paulo (Unifesp) e de Juiz de Fora (UFJF) revelou que os católicos no Brasil caíram de 83,8% para 68% da população entre 1991 e 2006. Já os evangélicos passaram de 9% para 24% no mesmo período.

Para o pesquisador da UFJF e co-autor do estudo Alexander Moreira de Almeida, o número de católicos vem diminuindo porque antes era praticamente a única igreja existente no Brasil, além de ocorrer uma migração de fiéis da Igreja Católica para os cultos evangélicos.

Lula vai se reunir na quinta-feira (9) com o papa Bento XVI no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.