O senador Luiz Otávio (PMDB-PA) disse há pouco que a fala do presidente Lula, na abertura da reunião ministerial, foi administrativamente correta, mas politicamente sem efeito. "A oposição que está questionando o mandato do presidente Lula queria uma afirmação.

O que todos querem saber é sobre sua participação ou não no episódio", disse. Para o senador o presidente deveria ter sido mais afirmativo e, inclusive, ter avançado, para dizer que se afastava do PT, se licenciaria do partido, para governar. "Eu sugeri isso aos líderes do governo, mas nem sei se a sugestão foi levada ao presidente Lula. O resultado é que ele está nas cordas e a oposição batendo" disse o senador, comparando a situação a um ringue.