Instalada em frente ao Palácio Iguaçu, de 1º a 7 deste mês, o Paraná em Ação ? Feira de Serviços Gratuitos ? do Governo do Paraná, coordenado pela Secretaria Especial de Relações com a Comunidade, superou todas as expectativas tanto na presença de público quanto em atendimentos. Em uma semana, 165 mil pessoas passaram pela feira, onde cerca de 30 entidades prestaram 362.047.

Alguns números são bastante expressivos, o que demonstra o interesse do público pelo evento. O Banco do Brasil emitiu 4.165 CPF, porém se consideradas as informações que prestou sobre este documento, o número de atendimentos deste posto avançado perfaz 5.566. Foram feitas também declarações de isentos do Imposto de Renda e a abertura de contas sem custo tarifário para pessoas de baixa renda (até 3 salários mínimos) junto ao Banco Popular do Brasil, uma subsidiária do BB.

O Ministério do Trabalho emitiu 2.481 carteiras de trabalho e prestou 1.045 esclarecimentos sobre este documento para os trabalhadores que durante a feira visitaram seu estande. O Instituto de Identificação confeccionou 3.124 carteiras de identidade, sem custo algum para as pessoas que estiveram na feira e necessitavam do documento.

Os professores e alunos do Senac ? Serviço Nacional do Comércio, efetuaram 2.532 cortes de cabelo. O INSS ? Instituto Nacional de Seguridade Social ? atendeu 7.366 pessoas.

Foram distribuídas 21.091 unidades de 200 ml de leite, do Programa Leite das Crianças, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Já o IAP ? Instituto Ambiental do Paraná, promoveu a entrega de 8.550 sementes de palmito e prestou inúmeras orientações sobre o meio ambiente.

No setor de saúde, funcionários e voluntários do Sesi e o Senac tiraram a pressão arterial de 2.022 pessoas e fizeram o teste de glicemia de outras 1.330. Já a UFPR- Universidade Federal do Paraná- conquistou durante a feira 1.049 doadores de medula óssea, além de prestar diversos serviços e esclarecimentos na área da saúde da mulher e das doenças sexualmente transmissíveis, com a distribuição de preservativos e folhetos informativos.

Foi igualmente intenso o movimento nos estandes do Provopar, que levou para a feira peças de artesanato e farto material (vídeos, panfletos, cartazes e fotos) para mostrar ao público suas ações e programas de geração de renda. A grande atração ficou por conta dos personagens do ?Bocão?, um programa de saúde bucal desenvolvido em caráter experimental em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, mas de deverá ser estendido aos demais municípios do Paraná.

Sanepar, Copel, Cohapar, Policia Rodoviária Estadual, Policia Florestal, Agência do Trabalhador e Junta Comercial do Paraná também estavam presentes em mais esta edição do Paraná em Ação. O Poder Judiciário também teve muito trabalho para atender as pessoas que buscavam assistência jurídica, habilitação para casamento, divórcio, pensão alimentícia, registro de nascimento.

Ao analisar os números finais da oitava etapa do Paraná em Ação, o secretário especial de Relações com a Comunidade, Milton Buabssi, disse que essa foi ?a melhor maneira de comemorarmos a Semana da Pátria?.