Com o objetivo de incentivar mais produtores do Paraná a converterem sua produção convencional para a orgânica, a Secretaria da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul (Seim), em conjunto com outras entidades, inicia em breve várias ações para o projeto Orgânicos do Brasil. O projeto nacional será iniciado no Paraná e deve ser também apresentado aos demais estados com potencial para o desenvolvimento da agricultura orgânica.

Lançado em julho deste ano, o projeto congrega entidades públicas e privadas em torno do ideal comum de ampliar as exportações de produtos orgânicos do Brasil. Entre as ações do programa, está apoiar a participação de empresas brasileiras exportadoras de produtos orgânicos em feiras de negócios e realizar seminários e workshops voltados à melhoria e ao desenvolvimento de novos produtos e tecnologia especial para a produção orgânica.

Seminários serão realizados nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco e Foz do Iguaçu. Além de apresentar o tema orgânico, o projeto deve levar produtores para a Biofach no Rio de Janeiro, onde os profissionais do setor deverão promover seus produtos e serviços para participarem de futuras feiras internacionais.

Para o secretário da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Virgílio Moreira Filho, o Paraná é um dos estados com maior potencial para a produção e exportação de alimentos orgânicos. ?Este projeto visa a prospecção de novos mercados, além da capacitação em gestão empresarial, comercialização, negociações internacionais e logística?, afirma.