Curitiba amanheceu com as ruas coloridas na manhã desta quinta-feira (26), dia em que se celebra o Corpus Christi. Isso porque muitas pessoas se reuniram, desde a madrugada, para a tradicional confecção dos tapetes, nas proximidades das paróquias de igrejas. Nem o frio de 9ºC, que fez nas primeiras horas do dia, espantou os fiéis.

No Centro, os arredores da Catedral Basílica de Curitiba, onde se celebra, às 15h, a missa mais tradicional da capital, a cor dos tapetes e a união das pessoas emocionava até quem apenas passava. A procissão, sempre ao termino da celebração, está programada para começar por volta das 16h30, onde são esperadas cerca de 20 mil pessoas.

A montagem dos tapetes começou na Catedral Basílica, na Praça Tiradentes, indo até o final da Avenida Cândido de Abreu, em frente ao Palácio do Iguaçu. Pelo trajeto, de pouco mais de dois quilômetros, foram disponibilizados espaços para paróquias de toda Curitiba, movimentos religiosos, escolas e demais grupos que quisessem participar, montassem seus tapetes da forma mais criativa possível.

Ao longo do dia, fazem parte da programação pelo menos outras dez procissões em diversas paróquias da cidade. No Santuário Nossa Senhora do Carmo, na Vila Hauer, o tapete tem 900 metros de extensão e a montagem começou ainda na madrugada. Na Paróquia São José, no Vila Oficinas, também foi montado o tapete e depois celebrada a missa.

http://www.parana-online.com.br/pronfotos/5208/20+MIL+PESSOAS+SAO+ESPERADAS+PARA+PROCISSAO+DE+CORPUS+CHRISTI+EM+CURITIBA/
Na paróquia São José, na Vila Oficinas, missa foi celebrada de manhã, após montagem dos tapetes. Foto: Rafael Maia

Origem

O nome Corpus Christi vem do latim e significa “Corpo de Cristo” e acontece sempre em uma quinta-feira em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição do sacramento da Eucaristia. No Brasil, a tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, em Minas Gerais.

Trânsito

Na região central, o cruzamento da Praça Rio Iguaçu com o início da Avenida Cândido de Abreu e Rua Deputado Mário de Barros estão bloqueados. Também haverá bloqueios totais nos seguintes cruzamentos: Rua Mauá com a Rua Campos Sales; pista lenta sentido Centro da Avenida João Gualberto com as ruas Augusto Severo e Mauá; Rua Lysimaco Ferreira da Costa com Avenida Cândido de Abreu.

Entre 14h30 e 16h30, haverá bloqueios totais na Praça Tiradentes no cruzamento com a Travessa Tobias de Macedo e com a Rua Monsenhor Celso, e no cruzamento das ruas Cruz Machado e Do Rosário.