Os pousos e aterrissagens no aeroporto de Campo Mourão, no Noroeste do Paraná, poderão voltar a ser feitos à noite nas próximas semanas. O convênio para fornecimento dos materiais foi assinado pelo secretário dos Transportes, Rogério Tizzot, e pelo prefeito Nelson Turek.

Devido a atos de vandalismo, o aeródromo municipal estava sem operar no período noturno há quatro meses. O repasse dos materiais, avaliados em R$ 12,8 mil, deve ser feito já nesta semana.

?O convênio prevê o fornecimento de lâmpadas, conectores, cabos, globos prismáticos e outros materiais que vão possibilitar a utilização segura do aeroporto no período noturno?, informou o secretário Tizzot.

A pista de 1.400 de comprimento por 30 metros de largura recebia, antes do roubo dos equipamentos de iluminação, grande fluxo de pousos e decolagens à noite, principalmente dos aviões usados pelos associados das cooperativas locais e das aeronaves utilizadas para pulverizar as lavouras.

O coordenador-geral do município, Paulo César Stanviola, lembrou que o aeroporto deixou de atender também diversos visitantes da Festa Nacional do Carneiro no Buraco, que aconteceu no mês de julho na região.

?São muitos expositores de todo o país que vêm a Campo Mourão nesta época do ano. Tivemos que vetar alguns pousos e decolagens no período da noite por segurança?, revelou.

Além da questão econômica, Stanviola destacou a utilização das UTIs móveis. ?Não podemos prever quando será necessário fazer a remoção de um paciente ou o atendimento rápido de alguém. Se temos uma emergência à noite, hoje, ficamos neste impasse?, alertou.