Além dos biombos e da proibição do uso de telefones celulares dentro de agências bancárias, frequentadores dos bancos de Curitiba terão mais um artifício para evitar a ocorrência de roubos de saída, que acontecem em virtude do acompanhamento feito por assaltantes no lado de fora das agências. Foi aprovada ontem, por unanimidade, na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), a instalação de câmeras de alta resolução no ambiente externo de agências bancárias da cidade.

O autor do projeto de lei, vereador Dirceu Moreira (PSL), conta que as câmeras poderão beneficiar também o trabalho da Polícia Militar. “O projeto prevê a instalação, por parte das agências, de câmeras de segurança de alta resolução que permitam a visualização de pessoas que estão dentro e fora das agências, bem como a identificação de carros através das placas. As câmeras prestarão também um grande auxílio para a Polícia Militar, no intuito de facilitar a elucidação de crimes com as imagens”, afirma o vereador.

De acordo com Moreira, basta aprovação na segunda votação, que acontece hoje, para que o projeto de lei seja encaminhado para sanção do prefeito Luciano Ducci. “Temos grandes chances desse projeto se transformar em lei, uma vez que essa segunda votação é apenas um procedimento de praxe da casa. Estou convicto também pela aprovação unânime na primeira instância”, diz.

Fiscalização

Além de promover a instalação de câmeras no lado de fora das agências, Moreira afirma que será um agente fiscalizador da lei, caso ela entre em vigor. “Vamos acompanhar para que os bancos cumpram essa lei. Caso isso não aconteça, entraremos com uma ação no Ministério Público do Paraná”, adianta.