Os estudantes municipais Chayane Cordeiro, da Escola Municipal Ayrton Senna, e Gabriel de Amaral Silva, da Escola Municipal Erasmo Piloto entregaram ao prefeito Beto Richa, na tarde deste domingo (29), a carta-compromisso contendo diretrizes e metas assumidas por meninos e meninas das 174 escolas municipais, na área do meio ambiente e preservação da vida.

O documento, entregue durante a festa realizada no parque Barigui em comemoração ao aniversário da cidade, foi o resultado da 4ª Miniconferência sobre Biodiversidade da Rede Municipal de Ensino que teve a participação dos 115 mil estudantes da rede e de professores municipais.

“Nossos estudantes dão exemplo para o mundo de como a conscientização e a medida de pequenas atitudes farão a diferença para a vida das futuras gerações no planeta”, disse Beto Richa. Uma cópia da carta será encaminhada ao secretário executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica, da Organização das Nações Unidas (ONU) Ahmed Djoghlaf.

A carta-compromisso foi escrita na sexta-feira (27) durante a etapa final da 4ª edição da Miniconferência que neste ano teve como tema os quatro elementos que constituem o planeta: terra, água, fogo e ar. A reunião para elaboração do documento final teve a participação de 500 estudantes.

 

Depois de participarem de onze oficinas sobre meio-ambiente os estudantes elegeram nove representantes de escolas, um de cada núcleo regional de ensino, para a escrita do texto final.

O conteúdo foi compilado dos debates e exercícios desenvolvidos desde o início das atividades escolares, em fevereiro, com a participação dos 115 mil estudantes da rede em discussões, pesquisas e atividades com esta abordagem.

A secretária municipal da educação, Eleonora Bonato Fruet acompanhou a entrega da carta feita pelas crianças ao prefeito e ressaltou a importância de todo o processo nas escolas. “Pela via da educação e do respeito estamos assistindo a formação de uma nova geração mais consciente e comprometida com o futuro de nossa cidade e de todo o planeta”, disse Eleonora.

Como resultado já conseguido a partir das Miniconferências, Eleonora recordou que no ano passado, a carta-compromisso elaborada pelos estudantes curitibanos inspirou Organização das Nações Unidas (ONU) a criar uma rede mundial envolvendo as crianças na preservação do meio ambiente. O documento foi levado a Conferência das Partes sobre Diversidade Biológica (COP 9), realizado em Bonn na Alemanha.

A diretora do departamento de ensino fundamental da Secretaria Municipal da educação, Nara Salamunes disse que a cada nova edição da Miniconferência fica evidente a nova relação dos estudantes com o meio-ambiente. “Esta movimentação, dividida em várias etapas e que congrega toda nossa rede de ensino, comprova a consolidação dos conceitos ecológicos e de educação ambiental difundidos pela secretaria da educação. As crianças estão mais responsáveis, solidárias e com uma nova relação com a natureza”, disse Nara Salamunes.