O ano letivo de 2008 começa com 4.120 novas vagas em escolas, em turmas do ensino fundamental. São vagas criadas com a construção e ampliação de oito escolas. Para as crianças de 0 a 5 anos, a Prefeitura vai criar mais 1.646 vagas na educação infantil, com cinco novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), prontos para atender, e outras 4 creches que começarão a ser construídas até março.

As aulas nas escolas municipais serão reiniciadas no período de 8 a 14 de fevereiro. Além das obras que expandiram o atendimento no ensino municipal, a Prefeitura de Curitiba iniciará reformas em 33 escolas municipais e em três creches. As obras iniciarão no primeiro semestre e vão garantir aos estudantes e funcionários melhores condições de ensino e trabalho. "Estamos investido em oportunidades e no futuro dos curitibanos. A educação é prioridade porque é o principal instrumento para a emancipação das pessoas", afirma o prefeito Beto Richa.

Para aumentar as vagas de pré ao 5º ano, a Prefeitura de Curitiba construiu as novas escolas municipais Abranches, no bairro de mesmo nome, Estação Barigui, na CIC, e um novo bloco, com capacidade para 940 estudantes, na Escola Municipal Rejane Sachete, no Sítio Cercado. Com as novas vagas, a capacidade de atendimento da unidade passa de 530 para 1.470 alunos.

Novas salas de aula serão construídas nas escolas municipais Omar Sabbag (Cajuru), Colônia Augusta (CIC), Carmem Salomão Teixeira (Bairro Novo), Boleslau Falarz e Sonia Kenski em Santa Felicidade.

Outra escola que começará o ano com nova estrutura é a Escola Municipal Poeta João Cabral de Melo Neto, na Vila Verde, na CIC. A Prefeitura construiu um novo prédio para a escola que era em perfil metálico. A reconstrução da escola era uma reivindicação das famílias da região e foi um compromisso assumido pelo prefeito Beto Richa.

A abertura de novas vagas, seja pela construção ou ampliação de escolas, obedece ao planejamento das ações da Prefeitura de Curitiba. "A expansão no atendimento do ensino fundamental se concentra nas áreas que registram maior crescimento populacional. A Prefeitura planeja as ações para se adiantar às demandas e atender com muita qualidade as pessoas que dependem dos serviços públicos", diz a secretária municipal da Educação, Eleonora Fruet.

Dessa forma, já está previsto pela Prefeitura o início da construção de uma nova escola no Bairro Alto, para 940 estudantes, do pré ao 5º ano. O planejamento para a educação infantil segue com o mesmo rigor. Ganharão novas creches as comunidades dos bairros São Braz, Sítio Cercado, Cajuru, Bairro Novo e CIC.

Outras quatro creches, que aumentarão em mais 676 as vagas da educação infantil serão construídas no Lotiguaçu, Bairro Novo, Pilarzinho e Rio Bonito. O início das obras está previsto para março. Três creches serão reformadas, subindo para 28 o número de unidades com melhorias na estrutura física no período 2007/2008.