Foi lançado ontem, durante a 2.ª Conferência Internacional de Lideranças para Vida e Prosperidade Sustentável, no Cietep, em Curitiba, um anuário com a relação de empresas paranaenses que desenvolvem projetos na área de responsabilidade social. No total, são citadas 47 empresas responsáveis por oitenta casos de sucesso. Desses, trinta são relatados na íntegra.

Com 110 páginas, o anuário cita projetos desenvolvidos nas áreas de saúde, educação, ambiente, alimentação, assistência social e esporte. “Queremos mostrar que não apenas os indivíduos e o governo devem trabalhar por um mundo melhor, mas que as empresas, utilizando de todas as suas estruturas e potenciais, também podem se tornar agentes transformadores da realidade”, declara o coordenador da conferência e superintendente dos serviços compartilhados da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Marcos Schlemm.

Além de prestigiar as empresas comprometidas com a responsabilidade social, o anuário pode servir de exemplo a outras empresas que também desejam desenvolver projetos vinculados à melhoria das condições sociais e não saibam o que fazer nem como fazer. “O anuário não apenas cita o nome das empresas, mas também ilustra os casos desenvolvidos, por isso é um exemplo para outras empresas e também para toda comunidade”, diz Marcos. “As empresas não devem desenvolver projetos com propósitos marqueteiros, mas de mudança das condições sociais. As organizações devem proceder como agentes do mundo, pois só assim a sociedade vai conseguir viver de forma sustentável.”

A tiragem inicial do anuário, organizado pelo Instituto Ethos e primeiro no Paraná, é de 4 mil exemplares. Eles estarão disponíveis para consulta e venda no próprio instituto e em diversas livrarias do Estado. O preço ainda não foi definido.

Conferência

O objetivo da conferência, que termina amanhã, é discutir o crescimento social e econômico, além da construção de um futuro sustentável para as novas gerações. Criado nos EUA, logo após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, em Nova York, o evento é realizado pela primeira vez no Brasil e reúne especialistas de diversos países, entre eles os próprios EUA, Grã-Bretanha, Suécia, China, Eslovênia e República Checa. A conferência é organizada pelos Institutos Paraná Desenvolvimento (IPD), Ethos, Elos e Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP).