Moradores da região próxima ao Cemitério Municipal do Água Verde estão na bronca os serviços de telefonia. Segundo quem mora e trabalha na vizinhança, os sinais de telefone e internet oscilam muito e os consumidores chegam a ficar semanas sem os serviços. Quem reclama acha que os cabos de cobre estão sendo roubados dos postes do bairro. O consumidor Gladison Dorigo é morador da Rua Monsenhor Manoel Vicente. Ele ficou 23 dias sem os sinais de telefone e internet em sua residência. “Liguei todos os dias pra Oi e eles sempre me informaram que os técnicos estavam trabalhando para resolver. Mas 23 dias é muito tempo pra se resolver um problema pequeno desses”, reclama.

Segundo Dorigo, a ineficácia no atendimento da Oi o fez mudar de operadora na semana passada. “Desisti. Não tinha como continuar com uma empresa que me fez esperar mais de três semanas para voltar a me oferecer por um serviço pelo qual eu pago em dia. Mudei de operadora e em poucos dias o telefone e a internet voltaram a funcionar”, diz.

A aposentada Vera Lúcia Oliveira mora na região do cemitério há 20 anos. Ela afirma que há muitos cabos soltos nas ruas da vizinhança. “Os postes estão uma bagunça e de vez em quando você esbarra num fio caído. E só pode ser de telefone, pois não dá choque. Meu filho mora por aqui e também reclama do telefone. No último final de semana ficou um dia inteiro sem”, diz.

Prazo

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os telefones residenciais devem ser consertados em até 48 horas a partir da solicitação do consumidor. Já os comerciais, em até 24 horas.

Através de nota enviada à Tribuna, a Oi informa que uma equipe técnica vai verificar o cabeamento na região. Se for constatado algum furto ou dano na rede, a operadora diz que o reparo será feito o mais brevemente possível. A empresa acrescenta que registrou, de janeiro a abril de 2014, 366 casos de furtos de cabos de telefonia no Paraná. A Oi mantém em funcionamento um canal para denúncias de furto de cabos de telefonia: 0800 282 5531. A ligação é gratuita.