De acordo com a APP-Sindicato, embora já tenha sido comunicada oficialmente da decisão judicial que determina a convocação imediata para a segunda avaliação médica dos inaptos temporários, a Secretaria Estadual de Educação (Seed) está descumprindo a ordem do juiz da 1.º Vara da Fazenda Pública de Curitiba.

Segundo a APP, antes mesmo de chamar os inaptos temporários para uma nova avaliação, a Seed já fez novas convocações de aprovados no concurso. Com isso, a APP-Sindicato está ingressando na Justiça para que seja fixada multa diária de R$ 5 mil à Seed, em favor dos inaptos temporários que estão sendo prejudicados.