A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) constatou possível fraude no apontamento do ponto funcional. Os fraudadores estariam usando “dedos” de silicone pra burlar o sistema biométrico.

Ontem (21), a Polícia Federal e Ministério Público Estadual, cumprindo ordem judicial, percorreram diferentes locais onde os funcionários batem e ponto e encontraram vários “dedos”.