O oitavo boletim de balneabilidade, divulgado ontem pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), mostrou que as praias do Paraná estão muito poluídas. Segundo a coleta, dos 43 pontos analisados, apenas seis estão próprios para banho, ou seja, possuem bons índices de qualidade da água. O documento desta semana foi o que apresentou o pior resultado desde que amostras da água começaram a ser colhidas para análise, no dia 12 de dezembro do ano passado. A balneabilidade mede os índices de coliformes fecais presentes na água.  

Em um boletim extraordinário divulgado no dia 21 de janeiro, haviam 16 pontos próprios para banho no litoral do Paraná – as amostras desse boletim foram colhidas em função da enorme quantidade de chuvas. Na semana anterior (dia 16), eram apenas oito locais adequados para banho.

O secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), Rasca Rodrigues, afirma que o principal motivo que fez com que a qualidade da água piorasse esta semana foi a chuva, mais uma vez. De acordo com a Sema, do dia 1.º de janeiro até ontem, não choveu apenas em dois dias. Segundo Rodrigues, o lençol freático do litoral não está absorvendo tanta chuva. ?Todas as águas superficiais estão se misturando a bueiros e fossas lotadas de resíduos, que estão sendo levados para o mar?, analisou.

Os seis locais adequados para banho, segundo o boletim de ontem, são: Praia do Farol (Ilha do Mel), em frente ao trapiche; Praia de Fora (Ilha do Mel), a190 metros das pedras, à direita; Praia Grande (Ilha do Mel), à direita do morro; Encantadas (Ilha do Mel), na praça de alimentação; em Pontal do Sul, na rua principal; e no balneário Brejatuba (Guaratuba), na Rua Jacarezinho. Em todas as análises, este último ponto (em Brejatuba) foi considerado apropriado para banho, assim como a rua principal de Pontal. Os pontos que foram considerados impróprios em todas as análises foram o da praia de Encantadas (Ilha do Mel), à direita do trapiche; o da Rua São Luiz, no balneário de Ipanema, o da Prainha (em Guaratuba), o da Rua Ponta Grossa, também em Guaratuba, e o da Barra do Saí, em Guaratuba.

Os pontos impróprios para banho são sinalizados na praia por barracas vermelhas do IAP e os próprios pelas azuis.