Em uma cerimônia na basílica de São Pedro, o papa Francisco entregou o pálio a 46 arcebispos metropolitanos, entre eles o brasileiro José Antônio Peruzzo, nomeado responsável pela arquidiocese de Curitiba no início do ano.

O pálio é um colarinho de lã branca que simboliza a união entre o bispo de Roma, que vem a ser o Pontífice, e as igrejas de todo o mundo. Na celebração, realizada na última segunda-feira (29), Jorge Bergoglio pediu para os religiosos não contradizerem as palavras que pregam com o modo como vivem.

“O testemunho mais eficaz e autêntico é aquele que não contradiz, com o comportamento e com a vida, aquilo que se prega com a palavra e que se ensina aos outros”, disse.