Tadeu, o padeiro Augusto e os confeiteiros
Jeanne e Aldo, com o bolo de 83 kg.

Hoje, o papa João Paulo II completa 83 anos de vida. Em comemoração à data, católicos prestam homenagens em diversos locais do mundo. Em Curitiba, um comerciante polonês, Tadeu Kawalec, que há 23 anos está no Brasil e em 1976 foi aluno do papa na Universidade Católica de Lublin, na Polônia, teve a idéia de preparar um bolo de 83 kg, peso correspondente à idade do papa, para ser distribuído à comunidade.

Tadeu conseguiu o apoio dos donos da confeitaria Piegel, localizada no Ahú, Aldo e Jeanne Piegel, e do responsável pela padaria Piegel, Augusto Piegel, que doaram os ingredientes do bolo, e começou a colocar seu plano em prática. Ontem, depois de várias horas de trabalho, os quatro, com a ajuda de diversos funcionários, terminaram de confeccionar um pão-de-ló com recheio de morango e abacaxi, pesando exatamente 83 kg.

O bolo, decorado com marshmellow e uma foto de João Paulo II, deve ser levado hoje para a Igreja do Divino Espírito Santo, localizada no Centro Cívico. À tarde, as fatias serão trocadas por um quilo de açúcar. A expectativa é arrecadar mil quilos, que serão doados a instituições de caridade indicadas pela igreja e ainda não definidas.

“João Paulo II é um dos papas mais carismáticos que a Igreja Católica já teve. Ele é dotado de grande generosidade e tem uma força interior muito grande. É muito espirituoso, foi o primeiro a reconhecer os erros da Igreja e tem uma ampla visão do futuro. Merece todas as homenagens”, disseram Aldo Piegel e Tadeu Kawalec. Os dois enviaram um e-mail ao Vaticano comunicando o papa da homenagem, mas ainda não tiveram resposta.

Na confecção do bolo foram gastos 37 kg de farinha de trigo, 15 kg de açúcar, 2 kg de ovos, 2 litros de leite, 2 kg de manteiga, 500 g de fermento, 10 kg de recheio de morango, 10 kg de recheio de abacaxi e 5 kg de marshmellow. A cada aniversário do papa, os Piegel e Tadeu pretendem aumentar em 1 kg o peso do bolo.