Foto: Arquivo

Serviço nas Ruas da Cidadania.

A Urbs começará na segunda-feira o cadastramento de estudantes de baixa renda para o passe escolar do transporte coletivo. O benefício dá direito a 50% de desconto na tarifa de ônibus.

O atendimento será feito em oito locais: no posto de atendimento do Passe Escolar na Rodoferroviária (bloco interestadual) e nos postos da Urbs nas Ruas da Cidadania do Bairro Novo, Pinheirinho, Portão, Santa Felicidade, Boa Vista, Cajuru e Boqueirão. O atendimento nos dias úteis será de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h, até 28 de março.

Para fazer o cadastro, é preciso preencher o formulário de requisição disponível na página da Urbs na internet: www.urbs.curitiba.pr.gov.br. Basta escolher a opção ?Passe Escolar? no menu ?Transporte?. Lá estão disponíveis todas as informações sobre o cadastro e as normas do benefício. Para ter direito ao passe escolar, o estudante precisa atender os requisitos da legislação municipal: morar e estudar em Curitiba, em instituição de ensino regular de primeiro, segundo e terceiro graus, com distância maior que um quilômetro entre a casa e a escola.

Requisitos

O critério de renda familiar varia conforme o número de filhos matriculados no ensino regular. Para um filho, a renda máxima é de três salários mínimos; para dois filhos, renda máxima de quatro mínimos; para três ou mais filhos, renda máxima de cinco mínimos.

Os estudantes com direito ao passe escolar recebem um cartão-transporte especial, que permite a compra de créditos de transporte pela metade do preço normal. Com a tarifa de R$ 1,90, cada crédito para estudantes custa R$ 0,95. O cartão é pessoal, tem o nome do estudante e não deve ser repassado para outros passageiros.

O benefício concedido aos estudantes e todas as gratuidades e isenções do transporte coletivo, são financiados pelos passageiros pagantes. Todas as despesas do sistema de transporte são cobertas pelo dinheiro das passagens de ônibus.