O motorista perdeu o controle do
caminhão e 80% do produto vazou.

Um caminhão com produto tóxico e corrosivo (hexametileno diamina) tombou ontem, às 5h30 da manhã, no quilômetro 29 da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), na Vila Rio Grande 2, em Campina Grande do Sul, causando o vazamento de cerca de 80% do produto.

O motorista argentino César Justo Marraco, de 60 anos, estava transportando a carga de 27.400 litros da empresa Orlando Dionísio Merconi, na Argentina para a Rhodia Poliamida, em Santo André (SP), quando perdeu o controle do veículo e bateu na mureta lateral da rodovia. Moradores da região ajudaram na retirada do motorista, que sofreu queimaduras e lesões pelo corpo. Ele foi encaminhado para o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, sendo posteriormente transferido para o Hospital Evangélico, em Curitiba.

O acidente causou fila na rodovia, que no início da manhã estava com meia pista interditada e, por volta das 10h30, foi totalmente fechada para a retirada do caminhão. Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e IAP (Instituto Ambiental do Paraná) trabalhavam no local. A quantidade do produto utilizado para fabricação de veneno agrícola que vazou foi suficiente para queimar a vegetação existente nas proximidades e causar a mortandade de peixes num riacho existente a 300 metros da rodovia. Segundo o fiscal do IAP, Juraci Araújo Coelho, os moradores da Vila Ribeirão Grande estavam sendo orientados para não ingerir água e não se aproximar do produto. O morador Juarez de Souza, servente de pedreiro, um dos que ajudaram na retirada do motorista conta que seu irmão ao prestar socorro teve parte do corpo um pouco queimada.

Uma equipe de oito homens do IAP fizeram barreiras de contenção próximo ao riacho, mas não foi possível evitar a mortandade de peixes. O material já estava sendo coletado pela equipe, que ainda hoje deverá trabalhar no local do acidente. Fiscais do IAP fizeram contato com a Rhodia, também responsável pelo transporte do produto, para que providenciasse o transbordo da carga.