Uma campanha nacional contra a venda de cigarros para menores de 18 anos será lançada nesta segunda-feira (7). A ação é promovida por entidades dos setores de hospitalidade, gastronomia, panificação, turismo e combustíveis e pretende atingir a 250 mil pontos de venda em todo o país.

Coma a distribuição de adesivos, móbiles, displays de mesa, testeiras de caixa e buttons, a campanha, que acontece até março do próximo ano, começa em lojas de conveniência e se estende a todo o comércio varejista que comercializa cigarros. Somente no Paraná, inicialmente a expectativa é atingir 200 lojas em postos de combustíveis.

Os comerciantes serão informados sobre a importância de não vender cigarros a menores e sobre como proceder na tentativa de compra por uma criança e adolescente. Dicas simples, como a de solicitar o documento de identidade, em caso de dúvida sobre a idade do comprador, serão passadas durante a implementação da campanha.

 

“Quando o material for distribuído, acontecerá uma orientação para os vendedores para que eles não vendam, mesmo que a criança diga que o cigarro é para um adulto”, explica Alísio Vaz, vice-presidente executivo do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom).

A ação reúne a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a Indústria de Panificação e Confeitarias (Abip), de Bares e Restaurantes (Abrasel), de Gastronomia, Hospedagem e Turismo (Abresi), a Confederação Nacional de Turismo (CNTur), a Federação Nacional de Hotéis Restaurantes, Bares e Similares (FNHRBS) e o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom).