A Campanha Internacional do Laço Branco, pelo fim da violência contra as mulheres, lançada pela Prefeitura de Curitiba, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, e o Conselho Municipal da Condição Feminina na semana passada, terá duas grandes mobilizações neste fim de semana.

Neste sábado (5 ), na Praça da Espanha, das 14h às 17h, e no dia domingo, na feira de artesanato do Largo da Ordem, das 9h às 13h, onde haverá distribuição de botons da campanha e de material educativo, como forma de sensibilizar a população para todo o tipo de violência, a questão da responsabilidade da sociedade e medidas de prevenção.

As atividades da campanha irão até 10 de dezembro. “Nosso proposta é unir simbolicamente o combate à violência contra as mulheres à defesa dos direitos humanos”, diz a presidente do Conselho da Condição Feminina, Beth Maia.

A Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e o programa Mulher de Verdade, da Secretaria Municipal da Saúde, também participam da organizaçã das atividades.

A Campanha Internacional do Laço Branco começou em 1999, por iniciativa do Instituto Global de Liderança das Mulheres da Universidade de Rutgers. “Atualmente é realizada em 159 países”, acrescenta Beth Maia.

O “laço branco” é o símbolo mundial adotado pela campanha, que tem como lema “Jamais cometer um ato de violência contra mulheres e não fechar os olhos frente à essa violência.”

A população pode participar da campanha através de atos simples e objetivos, como usar o botom do laço branco, que significa a adesão à liberdade e à igualdade das mulheres e uma bandeira da não violência. Mais informações sobre a programação em: www.campanhalacobranco.org.br e www.mulheres.curitiba.org.br.