Beatriz Rodrigues da Silva, de 9 anos, foi uma das 500 crianças que se divertiram na última festa da Páscoa Solidária que aconteceu nesta quinta-feira (17), na Regional Matriz.

“Eu estava muito ansiosa para esse dia, para brincar muito e ganhar meu ovo de chocolate. Que dia gostoso!”. Assim como Beatriz, mais de 5 mil crianças participaram da entrega de ovos de chocolate nas dez festas realizadas em todas as regiões da cidade, promovidas pela Fundação de Ação Social (FAS) e pelo Instituto Pró-Cidadania (IPCC) desde o começo de abril.

Segundo a presidente do Pró-Cidadania, Francisca Cury, as festas foram apenas uma das etapas da campanha que mobilizou os moradores da capital. No total, foram 80 parceiros e 169 postos de coleta. “Além das 5 mil crianças que participaram das dez festas nas regionais de Curitiba, desde o final de março estamos repassando caixas de chocolate e outras guloseimas para instituições sociais que atendem crianças e adolescentes em vulnerabilidade social”, afirmou.

Ao todo foram 730 entidades sociais que receberam as caixas de chocolate e guloseimas e garantiram uma Páscoa “mais recheada”. Com isso, até o domingo de Páscoa, 96.850 crianças serão beneficiadas pela campanha.

“É uma alegria enorme saber que superamos a expectativa inicial de atendimento, que era de 80 mil crianças, antes mesmo da Páscoa. Uma caixa ou ovo de chocolate pode ter um significado maior para estes meninos e meninas, que muitas vezes são privados de comemorar a data por diversas razões”, disse a presidente da FAS, Marcia Oleskovicz Fruet.

Além das crianças atendidas nas festas e nas instituições sociais, neste ano a Páscoa Solidária também beneficiou os filhos e netos dos catadores de recicláveis associados ao projeto EcoCidadão e também de barracões particulares de reciclagem. Neste caso, foram distribuídos 730 ovos de chocolate.

Para a campanha, além das doações feitas pela população nos postos de arrecadação, o Pró-Cidadania também recebeu doações de empresários e fez a aquisição de chocolates.