Vereador pede que as placas sinalizadoras
sejam corrigidas com urgência.

O cartão EstaR (Estacionamento Regulamentado), exigido nas vias de grande movimento de Curitiba, é obrigatório até as 18h, e não até as 19h, como informam as placas de sinalização.

Isso porque os agentes de trânsito começam a ir para a sede da Diretran, na estação rodoferroviária, pouco antes das 18h e registram a saída do trabalho exatamente as 18h30. O problema é que muitos motoristas não sabem disso e acabam colocando o cartão sem necessidade.

“As placas informam que o horário de uso obrigatório do cartão EstaR se estende até as 19h, quando na verdade não é isso. Por que não regularizar as placas já?”, questiona o vereador Adenival Gomes (PT), sugerindo que a Urbs faça uma correção em todas as placas espalhadas pela cidade, de forma a divulgar que a fiscalização do uso do cartão termina às 18h. “Quem cumpre a lei, está gastando um cartão à toa”, diz.

O vereador informou que na semana que vem levará o assunto à presidência da Câmara Municipal. “Se houver consenso, a gente encaminha pela casa a solicitação à Urbs. Senão, farei isso sozinho”, afirma. Segundo ele, denúncias feitas pelos próprios agentes de trânsito dão conta de que apesar de não haver fiscalização alguma no horário compreendido entre às 18h e 19h, os trabalhadores são orientados pela Urbs a não divulgar esse fato.

Urbs

A Urbs, através da assessoria de imprensa, informou que motoristas que não colocam o cartão EstaR depois das 18h de fato não são multados. “O objetivo do EstaR é a rotatividade. Não é multar, nem arrecadar”, afirmou, acrescentando que a última ronda dos agentes de trânsito acontece às 18h.

A assessoria informou ainda que as placas de sinalização não serão modificadas, uma vez que a legislação do EstaR, feita pela Câmara Municipal, diz que a obrigatoriedade é até as 19h. “A Urbs é que decidiu não cobrar, para não lesar os motoristas. Isso não é novidade alguma”, afirmou. Ainda segundo a assessoria, “em momento algum os agentes de trânsito são orientados a dizer aos motoristas para colocarem o cartão depois das 18h”.