Apesar de ter sido cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por irregularidades nas eleições de 2018, o ex-deputado federal Emerson Petriv, mais conhecido como Boca Aberta, anunciou neste domingo que irá concorrer ao Governo do Paraná. Quem confirmou a decisão foi o presidente do partido Agir (ex-PTC), Alexandre César Discioli, que disparou para a imprensa um documento com registro em cartório anunciando a novidade.

+ Veja mais: Eclipse da Lua de Sangue acontece nesta noite; será que curitibanos vão ver?

“A Diretoria Executiva Estadual do Partido Agir 36, agremiação partidária com sede na Rua Senador Xavier Silva, número 488, sala 406B, Centro Cívico, Curitiba, vem por intermédio do seu presidente Sr. Alexandre César Discioli, vem por meio desta, comunicar os veículos de imprensa, inscrita, falada e televisionada e aos institutos de pesquisas do Paraná e a quem possa interessar, que temos a honra de comunicar a pré-candidatura do ex-deputado federal Boca Aberta ao cargo de Governador do Estado do Paraná nas eleições gerais de 2022”, diz o texto.

A Corte Eleitoral do TSE tirou o diploma e cargo de deputado de Boca Aberta, então no PROS, segundo o relator Luís Felipe Salomão, por denunciação caluniosa e por ter sido cassado como vereador de Londrina em 2017. Boca Aberta só teria conseguido concorrer nas Eleições de 2018 por uma decisão liminar da Justiça.

+ Leia mais: Prepare-se! Inmet alerta para recorde de frio na próxima semana em Curitiba

O deputado é famoso por suas declarações e polêmicas. Em 2020 ele chegou a propor um projeto de lei que resultaria na amputação das mãos de políticos que fossem condenados por crimes de abuso de poder econômico e corrupção. Além disso, queria que os políticos fizerem exames toxicológicos para identificar uso de entorpecentes.

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.