A partir do mês de agosto a Prefeitura começará a instalar novas câmeras de segurança na região central de Curitiba. Ao todo serão 20 novos equipamentos de monitoramento que serão instalados em locais que registram muitos crimes, como tráfico de drogas, prostituição e violência.

A previsão é que até o primeiro semestre de 2011 todos os equipamentos estejam instalados. A informação foi passada pelo secretário municipal da Defesa Social, Marcus Vinícius da Costa Michelotto, para comerciantes e empresários durante reunião do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) da Área Central de Curitiba.
“As câmeras de segurança representam a modernização da segurança pública. É muito mais eficiente no combate aos delitos pois existe uma prova material, o delito fica gravado. O sistema de câmeras é um trabalho de inteligência”, disse Michelotto.

O secretário afirmou que o monitoramento eletrônico é importante para as três instituições de segurança, a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Guarda Municipal. O encontro do Conseg aconteceu na noite de terça-feira (13) na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP) e reuniu representantes da Guarda Municipal de Curitiba, das polícias Civil e Militar, empresários, comerciantes e representantes dos setores de turismo e de hotelaria da área central da cidade.

Durante a reunião o secretário Michelotto explicou como funciona o monitoramento das 88 câmeras de segurança que existem atualmente em Curitiba. Destas, 45 estão na área central e são monitoradas pelo Centro Integrado de Monitoramento Eletrônico de Curitiba (Cimec), que fica na praça Osório. O funcionamento do Cimec também foi detalhado pelo secretário. No local, as 45 câmeras são monitoradas em conjunto com a Polícia Militar, Diretran e Secretaria Municipal do Urbanismo.

A presidente do Conseg da região Central, Malu Gomes, disse que o sistema de monitoramento traz mais tranquilidade para o Centro. “As câmeras são tudo o que precisamos, pois trazem mais segurança para o Centro”, afirmou.

Além da região central, as atuais câmeras estão presentes no Setor Histórico, Ruas da Cidadania, em pontos de ônibus ao redor do campus da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), no Prado Velho, no Terminal Guadalupe e no Parque Barigui.

Novas câmeras

De acordo com o supervisor Antonio Carlos Alves de Andrade, da Guarda Municipal, os 20 locais das novas câmeras foram definidos por dados estatísticos da Guarda Municipal. “As câmeras vão atingir uma das áreas mais complexas de violência de Curitiba, como a Cruz Machado onde existem crimes de tráfico de drogas e prostituição”, explicou Andrade.

Veja os locais das novas câmeras

Rua Cruz Machado e Rua Saldanha Marinho – 5 câmeras
Rua Lourenço Pinto esquina com rua André de Barros – 1 câmera
Rua São Francisco esquina com rua Riachuelo – 1 câmera
Rua Jesuíno Marcondes esquina com rua Comendador Araujo – 1 câmera
Passeio Público – 2 câmeras
Praça Rui Barbosa – 4 câmeras
Praça Eufrázio Correia – 2 câmeras
Prédio Central da Prefeitura – 2 câmeras
Rua Cândido Lopes esquina com rua Ébano Pereira – 1 câmera
Rua Cândido Lopes esquina com rua Ermelindo de Leão – 1 câmera
Além da região central, está prevista a instalação de 57 câmeras no bairro Sítio Cercado até dezembro. Os equipamentos irão monitorar Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), escolas municipais e armazéns da família.