O secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, participou anteontem, em Madri, de reunião com a direção do Escritório Central da Elecnor, empresa que atua em vinte países na área de energia, resíduos sólidos, construção civil, e possui em seus quadros mais de 6 mil funcionários.

No encontro, Cheida manifestou aos diretores da Elecnor o interesse do Paraná em buscar novas alternativas para o tratamento de resíduos. Segundo o secretário, a meta da Secretaria do Meio Ambiente é trabalhar no sentido de reduzir, nos próximos 4 anos, 30% o atual volume de 8 mil toneladas/dias de resíduo sólido gerado nas mais diversas atividades econômicas e humanas. “Essa é a lógica correta para tratar seriamente a questão, da produção à destinação final do resíduo sólido no estado”, disse.

Participaram da reunião com o secretário Cheida o diretor da Elecnor, Luiz Mingo, o presidente do IAP, Rasca Rodrigues, Laerty Dudas, técnico e Carlos Alberto Hirata, coordenador de Resíduos Sólidos da Sema, Carla Mittelstaedt, da Suderhsa, além de Walter Blümm, German Junquera, Margot Arias e A. Javier Esquivias, todos executivos da Elecnor.

Ontem, Cheida se reuniu com representantes do Ministério do Turismo da Espanha, e retorna ao Paraná hoje, com chegada prevista às 11h25 no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais.